Digite aqui o nome do livro para procurar

Livros que falam sobre Livros & Afins
| 16 de agosto de 2012 às 5:23 PM

Título: O Brasil pode ser um país de leitores? - Autor: : Felipe Lindoso- Páginas: 224 - Preço Sugerido: R$ 26,60 - Editora: Summus Editorial -
O Brasil pode ser um país de leitores? 
O Brasil pode ser um país de leitores? revela a árvore genealógica da indústria editorial brasileira, discute as perspectivas e impasses do mercado do livro – desde a gestão até a distribuição – e aponta para a necessidade de valorização da leitura como peça fundamental para a construção da identidade nacional. Com prefácio assinado pelo ex-presidente do Sindicato Nacional de Editores de Livros, a obra de Felipe Lindoso traça um perfil dos caminhos do livro no Brasil e no mundo e procura desvendar os mistérios dos sucessos e fracassos do mundo editorial.
Dividido em 29 capítulos, o livro, dedicado a autores, editores, livreiros, distribuidores, educadores, profissionais e estudantes de comunicação e leitores, traça um retrato dos caminhos do livro – e seus desafios – até o encontro (ou desencontro) com o leitor, e procura desvendar os mistérios e dificuldades do intrincado mundo editorial, em cada uma de suas etapas.
Antropólogo, jornalista, editor e assessor da Câmara Brasileira do Livro ao longo de 10 anos, Felipe Lindoso utiliza toda a sua história e experiência no mundo editorial para desenhar um mapa fiel da história do livro no Brasil e as principais dificuldades que enfrenta desde a chegada de Dom João VI à então colônia. Com severas críticas à política cultural, o autor de O Brasil pode ser um país de leitores? aponta problemas históricos, como a falta de foco das leis de incentivo no acesso aos bens culturais e vaticina uma nova era para os livros e para os próprios brasileiros, se a universalização do ensino for acompanhada de implantação de bibliotecas e ações dirigidas à formação de público.



Título: A arte de falar da morte para crianças -
Autora: Lucélia Elizabeth Paiva -
Páginas: 336 -
Preço Sugerido: R$ 38,00 -
Editora: Idéias & Letras-
A arte de falar da morte para crianças
O livro, além de um debate teórico sobre a abordagem da morte junto às crianças, traz os resultados de discussões realizadas com educadores sobre uma seleção de 36 livros de literatura infantil que abordam o tema da morte. Num dos livros mais bem recebidos, um menino pede ao Papai Noel que traga o seu avô de volta de presente de Natal, pois não havia entendido bem onde o avô estava. Os pais se debatem para explicar a morte do avô, mas ao final o menino compreende que ele nunca mais voltaria. Faz então um novo pedido ao Papai Noel – um carrinho de rolimã. A autora apresenta uma bibliografia de referência, baseada em suas leituras favoritas.
“Borges disse que para ele a ideia de paraíso era uma biblioteca. A minha ideia de paraíso é uma livraria”, afirma Rubem. “O motivo é muito simples. Quando era muito jovem, 10, 11 anos, eu já gostava muito de ler e, felizmente, lia com uma enorme velocidade. Descobri que podia entrar em uma livraria, pegar o exemplar de algum livro que me interessasse e ficar uma meia hora segurando-o com muito cuidado enquanto o lia.”





Título: Da África e sobre a África: textos de lá e de cá
Autores: Emilia Machado, Mariucha Rocha, Ninfa Parreiras, Vânia Salek
Projeto Gráfico: André Neves
Tradução: Márcia Ribas
Páginas: 240
Preço Sugerido: R$ 43,00
Editora: Cortez Editora
Da África e sobre a África: textos de lá e de cá
Como concebemos as produções literárias que vêm da África, de países lusófonos e de nações com outras línguas oficiais? Que literatura é essa publicada no Brasil? Quais são os livros de temática africana criados por artistas brasileiros? Essas e outras questões são discutidas nesta obra.
O livro analisa textos publicados no Brasil por autores nacionais e por autores de diferentes países da África (de língua portuguesa e de outras línguas traduzidas no nosso país). Estuda temáticas, características e afinidades com a produção brasileira. Mostra a história de obras com a temática da africanidade, desde os autores precursores até as recentes edições. As obras comentadas são exemplos que podem servir de inspiração para uma pesquisa ou trabalho com a literatura.
Ao final, o texto sugere, em forma de sinopses, outras obras não analisadas no decorrer do trabalho. O texto completa-se com a entrevista do autor angolano Zetho Cunha Gonçalves; e as ponderações do escritor moçambicano Mia Couto, em artigo intitulado Meu nome é África.






"Livros que falam sobre Livros & Afins" é coluna fixa da Revista ANL - Associação Nacional de Livrarias. Confira a revista na íntegra clicando aqui.


 

Copyright © 2010 O Primeiro Capítulo & Outros Textos... - Gustavo A. B. | Modified version of Picture Line Design by Dzignine
Direitos Reservados - capitulo@mgacomunica.com.br