Digite aqui o nome do livro para procurar

Perspectivas da imigração holandesa no Brasil - Trecho do Livro
| 16 de maio de 2011 às 3:55 PM

Sinopse: A palavra latina patrimonium surgiu na Roma antiga e era utilizada para expressar tudo o que pertencia ao pai e que era deixado por ele aos filhos, como herança. Dizia respeito aos bens materiais que, com a morte do chefe familiar, deveriam ser partilhados por seus descendentes de forma parcimoniosa.

No decorrer do tempo, e com as transformações históricas e socioculturais, esse vocábulo ganhou novos significados. A partir da difusão do cristianismo, ele incorporou uma preocupação dos cristãos de preservar e disseminar valores, sentidos, símbolos e rituais, numa dimensão imaterial que continha a essência dessa crença.

Nos dias atuais, o conceito de patrimônio ampliou-se e ganhou relevância ao redor do mundo. Sua dimensão cultural cada vez mais se sobrepõe a uma visão material. A partir dessa perspectiva, Cury sustenta que, na contemporaneidade, “patrimônio é um conceito universal, de domínio de todos, entendendo que todos temos direito ao nosso próprio patrimônio e compromisso de defesa do patrimônio de outros”.

Experiências, práticas sociais, manifestações religiosas, construções cotidianas ─ físicas ou culturais ─ compõem o conjunto de elementos que formam a noção de patrimônio, e é necessário que elas estejam associadas a um desejo coletivo de preservação de uma história, de uma identidade ou de uma vivência específica. (A seguir o primeiro capítulo. Se necessário para melhor visualização clique no texto e amplie.)

Autor: Niltonci Batista Chaves





 

Copyright © 2010 O Primeiro Capítulo & Outros Textos... - Gustavo A. B. | Modified version of Picture Line Design by Dzignine
Direitos Reservados - capitulo@mgacomunica.com.br